quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Qual o melhor? - Citação sobre - Equipes - Elanklever

.
Q.
.
UM PIANO TEM EM TORNO DE 230 CORDAS - Qual a melhor ?O sentido do gestor, é conseguir ótimos resultados. Uma equipe é isso. Não se elogia o melhor, mas se cuida do instrumento. CADA UM TEM SUA NOTA A CUMPRIR, assim a equipe se afina. Chega de alisar egos !!!
Elanklever

terça-feira, 22 de agosto de 2017

EDUCAÇÃO - Autocontrato teorético crítico de busca - Elankleer

.
EDUCAÇÃO – UM AUTOCONTRATO TEORÉTICO CRÍTICO DE BUSCA
.
A todo o momento referimos e concluímos: a educação é algo que deve ser base de fundamentos do conceito de vida. Nós, vezes sendo obtusos ao entendimento do real sentido, pouco a apreciamos, ou aprofundamos para um perfeito tino da expressão e extensão da palavra. O pensador cita: “Educação todos a tem, difícil vezes é encontrá-la quando mais  se precisa” - Elanklever

Dicionaristicamente expressando, vi uma definição e a julguei simples, direta e concreta: aquisição e zelo pelos bons hábitos! Bons hábitos, oferece um leque  de entendimento e aplicabilidade. Abrangendo desde a formação inconsciente, até todo elo consciente e senciente  da existencialidade do pensamento racional, partindo do eu  para a existência do todo. Cita o pensador: Não poderá ser entendido aquele que não é bom entendedor – B. Gracián – A.P.
Nem sempre o aprender faz parte do esculpir e do refinamento do ser. Depende do que se aprende, como se aprende, como se foca, e a tendência em  que a encaminha.

Livrar-se de um hábito é muito mais difícil a que adquirir ou internalizar algo novo. Hábito é um comportamento, nova percepção, conhecimento é aprendizado.

Reinstruir-se em algo, habituar-se a outras e diferentes formas do ver, sentir. Fazer e se comportar exige a disposição de interação, integração e formatação de novos comportamentos delimitadores de normas. Sequencialmente à intuição avaliativa. Cita o pensador. “As luzes que descobriram as liberdades inventaram também as disciplinas – Michel Foucault”.

Há um leque de vertentes educacionais “que nos levam a bons hábitos”. Currículo Escolar, boas leituras, educação artística, profissional, educação especial, relações interpessoais, educação financeira, em ciências diversas, religião, política, inclusive a educação para hábitos de higiene e saúde. O investir em si.

Há dezenas de cursos teóricos, técnicos, e de autoaperfeiçoamento em áreas específicas, todavia reinterando o dito: Sem internalização, comprometimento ao aprendizado isto se torna apenas “depósito de sucatas mentais”, chegando a desintegrar-se em conflitos.

A Educação nos leva a adquirir ou melhorar a estética da alma, uma melhor arquitetura do caráter e personalidade. Isto nos auxilia a ter uma mais prudente visão de  si e do mundo,  desenvolvendo em   a capacidade em transacionar valores naturais do dia a dia. Como diz: internalizar, relacionar e expressar de forma crescente, oferecendo-nos o senso de um certo equilíbrio e evolução,  mostrando o valor de uma sensata racionalidade humana. Cita o pensador:  a educação e a educatibilidade do indivíduo ou de uma sociedade “povo”, concede a capacitação do pensamento crítico, avaliativo, analítico, para uma  acertada ou mais perfeita decisão. Sabendo criticar de forma mais profunda aos fatos. 

Crítica não quer dizer: Expressar de forma negativa “falar mal”, crítica é como dito: Avaliar melhor, refinar o que nos chega pelos sentidos. A ciência sempre vai se desenvolver de forma lógica e crítica positiva – indutiva ou dedutiva. Ciência – conhecimento seqüencial e ordenado, educação é uma ciência complexa, todavia alcançável a todos.
Quanto à transferência de valores educacionais: torna a atividade humana um tanto digna de especialistas, visto que é a primeira condição para o aluno, educando ou educável. Vezes é a ausência do comprometimento, de compromisso, do contrato, entre o aluno consigo mesmo em estar disposto a conjeturar, refletir: ocasionalmente gerando a dificuldade do educador em traçar uma fértil sinergia. Digo aluno, porque um aluno ainda não é um estudante, somente será estudante quando assumir o compromisso do aprender, da busca e esforço consciente. Como se diz em Medicina: A liberdade e desejo do eu,  impera diante da oferta de assistência.

“Estarei vivendo de uma maneira que é profundamente satisfatória para mim e que me expressa verdadeiramente? Esta talvez seja a pergunta mais importante para o indivíduo criativo” (Carl Rogers)
O aluno ao não assumir o autocontrato e não focar em ser estudante, o aprimoramento funcional do mesmo torna-se um tanto distanciado do objetivo primário. Como cita o pensador: “Muitos alunos, poucos estudantes” - Elanklever

Bem sabemos que a evolução, comprovadamente vem da vontade, percepção e habilidade em conduzir-se no uso do raciocínio e inteligência básica  e demais recursos de uma educação solutiva. A conscientização do aluno à necessidade do aprimoramento, radicar o desejo em aprender, torna o indivíduo instruível ao nível de sua consciência do assimilar conhecimentos. “Não há maior domínio que o de si mesmo” – Sêneca.

Infelizmente quantos alunos são resistentes à instrução, ao aprendizado. Não vou ao mérito das origens dos comportamentos, mas quantos não querem serem estudantes, e realmente não estão ou estarão a dispostos a tal condição ou esforço. Respeitando a individualidade o educador fica limitado, vezes vendo a desistência da realização pela atividade proposta.
A sala de aula é um espaço humano: No glossário da medicina, radicais livres, são células que não servem, não cumprem objetivos, fazem parte do corpo,  causam disfunções das mais graves, sempre ambos os lados precisam avaliar o caráter da relação.

Cita o educador: “Se o individuo é passivo intelectualmente, não conseguirá ser livre moralmente” - Jean Piaget.

As dificuldades dos acordos geram conflitos internos e externos. Como dito o aluno pode não atinar ao fato que precisa ser estudante. O aprendizado naturalmente é uma constante readaptação “subjetiva e objetiva” do ser à aplicabilidade do conhecimento. O aprender real, gera um movimento no celeiro mental, emocional.

A internalização de valores toca,  movimenta, isto leva à avaliação. Como dito o aluno nem sempre quer, todavia o estudante anseia por tal situação. Isto depende do autocontrato, para que aja uma seqüencialidade, estruturação do conhecer e aplicar. A sabedoria provinda da educação nos concede o direito de melhor esculpir o futuro.

Como nos motivava a Professora lá no primário: “Vamos raciocinar!”


ARRUDA, Elvio Antunes de -“Definições Reflexivas – Grandes Detalhes”

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Livro - Munumento (Elanklever).

.
.
Um livro! Uma ideia, uma construção em letras, monumento do conhecimento humano
Elanklever

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Justiça é para todos? - Elanklever

.
.
Justiça é para todos, difícil é saber quem são os todos 
 Elanklever


quarta-feira, 24 de maio de 2017

O sabor da vida depende de quem a tempera - Elanklever

Livro lançado na: Feira Nacional do Livro em Ribeirão Preto, - Livro" Definições Reflexivas - Elanklever" sendo esta frase hoje
aplicada, utilizada em todo Brasil.
.

terça-feira, 25 de abril de 2017

Citações notórias - Elanklever

.

Pelo filamento das letras, se formam os fios das palavras. Frases, orações, textos, ligando o escritor ao atento leitor, ligando a tomada de decisões, na busca de uma boa leitura.

Elanklever

.
Nascemos ignaros, depois nos aperfeiçoamos

Elanklever

Onde não se quer pensadores, admitem-se membros. Não se pensa com membros, se pensa com a cabeça.
Elanklever

.
Leia, uma tomada de atitude, pode ser ligada, ligue-se a fonte, o escritor.
Elanklever
.
Pensadores nos fazem parar de pensar nas dores, mas pensar, mesmo com dores.
Elanklever

Fé é a dinâmica do que se faz, não apenas uma anulante crença.
Elanklever



domingo, 2 de abril de 2017

Informação ou deformação? - E. Arruda

.

Nem sempre tudo o que aprendemos é nova informação: uma crítica é fácil, agora o bom senso que é difícil: vezes podemos estar, recebendo uma nova "deformação".
.

E. Arruda
.
02.04.2017
.

Não há frases ou citação antiga, quando a mesma é lida pela primeira vez.
.
Elanclever

A acomodação pode ser deformada, perante uma boa informação. Então aprender, não será confortável.
.
Elanklever

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Auto baixa-estima - Elanklever


A agressividade, auto baixa-estima surge quando alguém para aparecer sente a necessidade que você sinta aversão pela mesma. Assim cria desvalores para que outros sintam agredidos. Buscando sempre razões e justificativas para vitimar-se.
A agressividade, auto baixa-estima surge quando alguém para aparecer sente a necessidade que você sinta aversão pela mesma. Assim cria desvalores para que outros sintam agredidos. Buscando sempre razões e justificativas para vitimar-se.

ElankleverElanklever

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Alunos ou Estudantes? - Elanklever

.


Para aluno ruim, não há professor bom.

Para estudante bom, não há professor ruim.

Para professor bom, não há estudante ruim.

Para professor bom, existe muitos alunos, poucos

estudantes.


Elanklever

domingo, 17 de julho de 2016

Definições reflexivas - Elanklever - 2008

.
O sabor da vida depende de quem a tempera.
Elanklever
.
Do livro.


.
Lançamento na Feira do Livro de Ribeirão Preto em 2008 - Definições Reflexivas - Grandes Detalhes
Elanklever

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Orlas Prateadas - Elanklever

.
.
ORLAS  PRATEADAS

.Que belo encanto,
Que arrebata o sentir.
Pelo artista sol.

Nuvem rendada
Com bordas matizadas,
Cravadas de diamantes
a brilharem

Belas orladuras
prata-douradas.
Na tela celeste aplicada,
habilmente decoradas.

Nuvens no  céu flutuando, 
Navegando
em disformes formas,
Fora da norma!
Envolvidas pela imensidão.

Em minha alma apreciei.
Lá, cravada de luzentes diamantes,
a brilharem


Não há como não se extasiar,
Lá, sol, água, nuvem, ar.
Na bonança da alma,
sobraram em mim,
inestantes  palavras .

Ficaram lá,
Presente mostrado,
A quem não teve o olhar.
Eu confesso que vi.

Lá naquela tarde,
Com bordas prateadas,
O sol brindou,
Minha alma rendou, rendeu.

Nos giros da terra se foram.
Sim juro que vi!

Elvio Antunes de Arruda
Elanklever

sexta-feira, 8 de julho de 2016

Orgulho - Elvio A. Arruda

.
ORGULHO

Quanta empáfia!
Quanta boçalidade!
Que ser é esse?
Com tanta genialidade?

Ostentando orgulho
Com tanta altivez,
Com ingênita vaidade!

Esquecendo-se de outros
Só O mesmo tem vez.
Não importando, de soslaio
Empinachado,
de irônico olhar
encelado na embófia.

Que endêmico valor,
Envilece o alheio,
bagesto o faz.

Não, não. Resgata o siso.
Deixe de cismar.

É normal,  jeitão da pessoa.
Esqueça o infenso.
Não o viu,  nem de ti sorriu,

Leve na boa, o tal: sorri atoa.

Elanklever

domingo, 19 de junho de 2016

Contra o melhor - Elvio


Torcemos contra o melhor ?
Por: Elvio Antunes de Arruda

Um sociedade cujo principal passatempo é o futebol poderá ter comportamentos aliados a tal visão de vida, no momento de ganhar tempo.

Outro dia pensado e ponderando dados, logo pensei.

"Time ruim tem milhões de torcedores, sempre torcendo contra o melhor" - Elanklever.

"Entre o torcer passional, e o distorcer racional, pode haver uma vala de disfunções"

"A falta de assertividade, gera agressividade"

Será que isto não se transfere para a convivência social? Familiar, empresarial, escolar, politica e outras atividades humanas?

As infestações passionais trazidas por atividades outras e que influenciam a vida em todos os sentidos.

Quantos trazem seus problemas do Trabalho, da Igreja, da cidade, da escola, da convivência familiar e da auto-realização?

Porque não haveria a transferência da torcida, será que vezes não estaremos torcendo para o melhor se dar mal, só porque o tal, não faz parte da torcida do nosso "meu TIME"?

Uma simples brincadeira. Quando assistimos a um embate, torcemos pelo melhor ou pelo pior? Pelo mais fraco ou mais forte? Pelo mais treinado ou pelo menos preparado? Por aquele que tem nome, ou pelo que está aventurando? Não quero aqui fazer criticas.

Apenas fazer ondas de reflexão, de ponderação. Somos crescentes ou reducionistas? Alguns dirão, é questão de justiça !!! Será mesmo?

sábado, 26 de março de 2016

Sociologia - Socialismo ?

Sócio – membro
Logia – Estudo

Estudo dos princípios e valores que fundamentam relações entre os membros “sócio”, em uma sociedade. Um grupo social. Estudo da prática social.

Não confunda sociologia com socialismo. Socialismo é uma “Doutrina Social”, conjugando diversas teorias para a busca de estruturação, dinamização de sistemas, e praticas sociais. Sistema: é um conjunto dinâmico, que rege as relações, que se estrutura pelo funcionamento, bases-comunicação-resultados.

A doutrina socialista, aglomera diversas origens, na busca de uma estruturação e dinamização de sistemas sociais.

Socialismo não é  sistema. SISTEMA não é estático.  Doutrina sim, são princípios, fundamentos que traçam um ideal, são teorias de diversas vertentes. Em um estudo e pesquisa mais analítica, encontra-se detalhes diversos de visão aceitação e críticas, inclusive a fragmentação de ângulos de avaliação.

Doutrina : Conjunto teórico de princípios que servem de base para reger determinada estrutura e dar a mesma um resultado com sentido objetivo.O objetivo seria a prática do interesse social e não do individual apenas. Logo se diz:

Regime. O que é um regime, muitos dissimuladamente fogem do termo regime, e doutrina, colocam erroneamente, sistema. Para se montar um sistema, precisa-se de regime fundamentado em um principio. Para se reger precisa-se  “PODER”. Tem que haver liderança, gerente, dirigente, líder, organizador. Individual ou em equipe, tem que ser regedores e com poder. Tem que haver regime “Método dirigir”,de  ou então será um despoder.

Leis, ordens, organização e controle, como podem ter isto sem “Constituição de um regimento”, tais decisões e controles, seriam obras dos “Sócios”, participantes da sociedade. Entre os tais, outras doutrinas mais: Religiosas, econômicas, políticas e pessoal “o direito a critica”. Se em um País há 200 milhões de cidadãos, todos tem que opinarem e decidirem, enfim todos são sócios.

Assim como no fundamento, socialismo não é sistema nem regime, porém utilizam da moeda para fins de troca, ao invés do escambo. 

Capitalismo não é doutrina e nem fundamento de poderes sociais. Capitalismo é uma dinâmica do Mercado “Livre mercado”, onde valoriza o Patrimônio. Sim o “Estudo” é um patrimônio, sua experiência, seu aprimoramento pessoal, profissional e social, entre outros. Tudo que é útil ao mercado é um bem. Bens Públicos e bens privados. Materiais e imateriais. Todos fazem uso da moeda e dos bens. Inclusive saúde, escola, segurança entre outros. Sem esquecer que o Caráter é o maior bem. Sistema financeiro !!!

doutrina Socialista também faz uso, da moeda e outros bens produzidos pelo Capitalismo, que nada tem haver de confronto. E pelo que vemos são os que mais acumulam tais bem em detrimento do social. Porque muitos pregam "comunidades", porém não deixam seus bens, e nem querem ir para onde não o terão. Sistema social !!!

Democratismo também é uma Doutrina social e caracteriza-se pelo ato eleitoral. Doutrina enquanto teoria e regime na dinâmica. Baseando-se na soberania do voto, do ato eleitoral, nada haver com capitalismo. Em princípio não podemos misturar: Doutrinas, sistemas, regimes e instituições. Inclusive os sub de cada um.

Uma grande diferença entre democracia e socialismo, é que no segundo caso os bens Materiais e os bens intelectuais, podem ser perfeitamente sequestrados pelo Estado, embora tanto um quanto o outro possam fazer o uso liberal da moeda, a não ser regimes ditatoriais que nada tem haver tanto com um quanto com outro. Mas que tenha certa mistura de qualquer reflexão nos leva a ver que: Um país sem capital financeiro, social, individual ou outro que ouve ou surgirá, leva a Nação ao empobrecimento, a não ser que o escambo volte, e você vá até outro país para troca de valores.

Na pura expressão da palavra: Capita quer dizer cabeça, e ismo é prática. Capitalismo quer dizer: Use a Cabeça. Você é um patrimônio individual, não massa.

Resta citar sobre regimes, sub regimes. Doutrinas outras. E muitos conceitos nesse entrelaçar de poderes. Precisamos estar em constante estudo, fazer nosso sistema funcionar. Como disse o pensador. “Simplificar para não refletir, não dá”, ou criticas sem fundamentos, sem participação, consuma-se em fuga.
Podemos ficar dependentes de embustes, simulações, falsidades gerando dependência fanática, passional. Como estamos hoje ?
“Não podemos aceitar que estamos errados, para economizar reflexão” - Elanklever
decisões e leis. Ou quando ditador dono do poder do Estado, usa de seus poderes como ao tal convier. Só para entender melhor: Um sistema é uma estrutura organizada e dinâmica.

Capital, capitalismo é mercado, não é regime nem sistema de poder. Qualquer reflexão nos leva a ver que: Um país sem capital financeiro, social, individual ou outro que ouve ou surgirá, não perdura, esfacela-se.

Leva a Nação ao empobrecimento, a não ser que o escambo volte, e você vá até outro país para troca de valores.Na pura expressão da palavra: Capita quer dizer cabeça, e ismo é prática. Capitalismo quer dizer: Use a Cabeça. Você é um patrimônio individual, não massa.

Resta citar sobre regimes, sub regimes. Doutrinas outras. E muitos conceitos nesse entrelaçar de poderes.

Precisamos estar em constante estudo, fazer nosso sistema funcionar. Como disse o pensador. “Simplificar para não refletir não dá”, ou criticas sem fundamentos, sem participação, consuma-se em fuga.

Podemos ficar dependentes de embustes, simulações, falsidades gerando dependência fanática, passional. Como estamos hoje, evoluímos?

“Não podemos aceitar que estamos errados ou certos, apenas para economizar reflexão” - Elanklever

Em qualquer sistema, o caráter humano está em jogo, tanto daqueles que mandam quanto aos que desmandam. Até as células de um corpo são socialistas, quando deixam de ser acontece o câncer, o assalto a saúde de um corpo.

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Refletir e Pensar - Elanklever

.

Todos tem o dom do pensar. Poucos do Refletir.
Elanklever

Fé não quer dizer crença, a fé é dinâmica.
Elanklever

sábado, 28 de novembro de 2015

O papel do Livro - Elanklever

Importa-me conscientizar as pessoas do papel do livro, não se o livro
possa ou não ser de papel.

Elanklever

domingo, 8 de novembro de 2015

Preconceito - Elanklever

O maior preconceito não é contra, raça, credo, opção, mas sim, é contra as Escolas, contra o ensino, contra o aprendizado.

Fale mal de uma escola , vê se alguém se sente ofendido. Quantas agressões a professores, dá processo? Dá mídia? Da pano pra manga? Da nada. Agora atinja a ignorância !!! Aí o bicho pega. Agrida um bandido, dá mais problema a que um professor !!!

Se a escola está feia, mal pintada, suja, regaçada, pouco ensino, dá nada. Se aluno que não gosta de estudar reclama do "Professor", a mãe que estudou menos ainda vai na Escola, ver o que está fazendo com a pobre criança. A correção agride. Depois, a escola que não presta.

Povo evoluído, inteligente é assim !!! Depois de 500 anos, teremos que esperar mais 500.

Quer fazer um teste?

Um litrão não é caro? Um crédito no Celular não é caro! Uma tanqueada não é cara? Agora !!!   Mensalidade na escolar é cara? Um livro: 5,00 - 20,00 - 50,00, nem se fala,  é muiiiito caro ?

 Dê um livro de presente. Para se perder  amizade dê um livro de Matemática, Português, de Ensino Técnico Profissional, Enciclopédia. Ufa !!! Pode parar, eu não tenho tempo nem para ler !!! Que cara Chato !!!

Para quem não quer aprender, quem ensina sempre estará errado - Elanklever


Elanklever

sábado, 10 de outubro de 2015

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

O sabor dá vida - Elanklever

.
O sabor da vida depende de quem a tempera 
Elanklever

ou

O sabor dá vida, depende de quem a tempera
Elanklever

ou...ou...

O sabor da dívida, depende do seu valor.
Elanklever

sábado, 26 de setembro de 2015

Reflexão - Luz : Elanklever

.
Sem reflexão não haverá luz na mente- Elanklever

.
O estudo proporciona auto-inovação.

Elanklever

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Tempo - Elank Lever

.
.
Um minuto é uma frase de tempo, querendo lhe dizer algo.
Elank Lever

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Fé e Caráter - Elanklever

.
Fé e caráter é como ser mãe, todos ajudam, mas quem dá a luz é somente a própria.

Elanklever


Também:
Fé é a certeza que a cada experiência, independente do resultado, sairemos
sempre melhores.
Elanklever

Fé não é crença, fé é dinâmica, caminhante é focada.
Elanklever

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Chuva - Elanklever

.

"Olhei distante, lá no horizonte balançando uma cortina colorida, chuva descendo e tecendo a força da vida"

Elan Klever

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Um livro - Elanklever

.
"A capa cita o nome e o autor. O interior capacita o leitor"
Elanklever

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Oportunidade - Elanklever


Não perdi a oportunidade: Sou como o semeador, só saberão quando vier a flor

Elanklever


"Passado é o ausente, que embrulha o presente"
Elanklever

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Adaptabilidade



Adaptabilidade ou Corruptibilidade

Adaptar-se! A nossa capacidade de sobrevivência tanto física, emocional, psicológica e espiritual, está intimamente dependente de nossa habilidade em adaptar-se ao mundo  que vivemos, o meio, a informações, as deformações e um leque muito grande de ações que nos atingem.

A constante adaptação, readaptação através das informações recebidas, vai imprimindo em nosso ser as marcas que serão base de nossas expressões, ações, reações perante o meio onde estamos inseridos. A ponte entre o eu e o nós.
Nossa visão de mundo estará sempre sendo  alterada, modificada, ampliada,  baseando em decisões, certezas, hábitos. Sendo isto espontâneo ou forçado, livre ou comprometido.

Sempre estaremos em fase de construcionalidade ou desconstrucionalidade. Vemos então claramente que precisamos ser “proativos” para adaptarmos, e os reativos que não estão dispostos a isto. Não que os reativos  deixem de estarem prontos a adaptar-se, mas ainda não estão no momento certo, para a tal decisão.

Estamos sempre nos adaptando às situações, controladas ou não. Estudos, profissão, relações interpessoais, enfim um universo de decisões.

Quando formamos hábitos e que precisamos trocar estes hábitos, muitas vezes isto se torna um tanto difícil, visto que nos adaptamos e nossos hábitos emolduram nosso modo de ser.

Temos então que buscar sempre o melhor mirante para observamos o horizonte de nós mesmos, e estarmos dispostos a mudar conceitos, hábitos enfim como dito, adaptarmos ao sistema que estamos inseridos. Nem sempre aqueles que nos orientam estão tão bem orientados, o importante é adquirir sendo crítico “senso”, porque crítica qualquer um pode fazer, porém o bom senso é uma conquista.

Ex: Somos chamados de consumidores, o sistema nos leva a ser um consumidor, fonte de receitas a outros, e aí? Quem ganha quem perde, diante desta situação? . Como dito, bom senso. A capacidade em adaptar-se, inserir e ser inserido é muito importante, visto que todo profissional, ou ser humano, vive e sobrevive de decisões, e quanto mais certas e objetivas, mais produtivo é o resultado.

Uma simples observação: O inteligente não adaptado é muito menos produtivo ante o limitado, porém adaptado, e muitas vezes nossas qualidades não avaliadas corretamente pode tornar-nos inaptos a adaptação. Pense, repense, avalie, analise, visto que em toda e qualquer profissão precisa-se de pessoas que avaliam e investem suas experiências, conhecimentos e inteligência de forma produtiva e socialmente aceita.

Pensamentos são palavras ainda não ditas, pensar melhor nos faz falar e agirmos melhor, Palavras transmitem pensamentos.

Será que se não adaptamos tornamo-nos corrompidos? Qual sua visão de corrupção?

terça-feira, 12 de junho de 2012

informação, comunicação.


Os vícios nos cercam na rotina, boa ou má, nos tornando mais descriativos” Elanklever


"Com a velocidade dos meios de comunicação, a desinformação chega mais rápida" 
Elanklever

Reflexão

"Pensar sem refletir, cria razões nulas" Elanklever


"Corruptos, estupram a lei, depois buscam o direito constitucional, para se protegerem de suas patifarias, sob a saia da dita, e o povo fica com a herança deste mal"  Maxel

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Escrever é como um rio.


Escrever é como um rio...

Após ler diversas publicações e artigos em revistas e jornais, vejo que muitos pesquisadores e estudiosos  estão atentos a fatores diversos do comportamento humano. Outro dia li em uma revista, não me lembro a data (Veja) onde se referia as descobertas sobre “desvios comportamentais”, onde se dizia: Estão identificando desvios de comportamentos ou criando doenças? A cada ano a lista cresce, onde o próprio autor citou: A tecnologia está desenvolvendo, porque não a neurociências, psicologia, psiquiatria não poderia detectar comportamentos tidos antes como normais, porém hoje se vê que o mesmo pode estar carregado de distúrbios, o que seria normal e o que seria anormal?

Outro dia também lendo um jornal achei um artigo muito interessante onde estava estampado um estudo feito na Universidade de Haifa, em Israel, demonstrando  algumas afirmações de cientistas pesquisadores, citando inclusive o estudioso israelense Azy Barak, sendo este um dos autores das pesquisas. “A comunicação é essencial para nosso crescimento”. Em tempos de internet, transformar sentimentos em palavras escritas é para cientistas que desenvolvem estudos sobre a expressão pela escrita, um modo eficaz para lidar com necessidades de comunicação.  Blogs na Internet podem incentivar essas pessoas a compartilharem seus sentimentos e suas emoções. - Enquanto muitos se preocupam com a falta de leitura dos brasileiros - propõe-se a escrita. “Escrever é um modo eficaz de lidar com traumas e experiências dolorosas, dizem os especialistas”. Nesta época em que se ampliam as formas de comunicação fica-se a reflexão “Timidez ou fobia social?”

Há alguns anos mantenho alguns Blogs na internet, e posso ver claramente a dificuldade em alguém comentar, expressar sua opinião, será porque não se lê adequadamente ou porque após a leitura a satisfação conseguida já basta, espera que a segunda hipótese seja a mais concreta.

Ainda bem, no Brasil há muitas pessoas preocupando-se e se ocupando com oficinas de escrita. Porém penso que o medo do idioma, errar, não ter um bom “português”, ainda são entraves para a expressão escrita. Não se preocupe com isto, porque o inicio dos escritos sempre é difícil conectar emoções,  idéias, com a expressão escrita.  O importante é expressar-se, muitos jovens ou adultos pensadores poderão ser grandes escritores, penso que as ideias expressas serão bem entendidas e recebidas, não se precisa ser um expert no vernáculo, vamos lendo, escrevendo e desenvolvendo. Não se esquecendo que a leitura é uma grande escola da boa escrita. Como nos oferece o pensador:

Hoje releio algumas coisas que escrevi , e vejo que precisam de muitas correções.

Escrevo, pois aprecio ler aquilo que penso” Elanklever

Elvioaa2005@gmail.com

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

DESFILAMENTO

DESFILAMENTO

Elvio Antunes de Arruda

Desfilando palavras,
uma a uma, vejo bela paisagem
diante de meus olhos.

Filas de letras, que atraem e distraem.
Não me traem, trazem.

Palavras perfiladas, aportuguesadas.
Leis gramaticais, verbos, substantivos...

Mais, muito mais.

Me vejo dentro do livro.
Leio. Releio.
Pelo filamento das letras,
neste desfiladeiro de
imaginação induzido e seduzido por elas
vou me escrevendo.

Com a oração, aqueço o coração
com frases, às fases.

Desentendo com algumas,
descompreendo outras,
na faina de aprender,
na ânsia de buscar
Prezo a umas, desprezo outras.

Não as represo, na correnteza
do aprender esmero
pela satisfação de a elas,
ler.

(Elanklever)

domingo, 15 de janeiro de 2012

Introversão

Parei a introver meus sentimentos. 
Disparei a refletir. 
Ante minha memória encontrei desfeitas histórias. 
 Passo a passo até em descompasso, 
pondo, repondo, 
 Desfragmentando, compondo. 
 Desaretalhando, versos e reversos diversos. 
Voltei então a repedir ao tempo 
a não desdizer lembranças de minha infância.
 Deixa-me descantar histórias, 
desandar minhas memórias. 
 Voltar, sem revoltar. 
A aprender, prender, compreender. 
Repensar sobre dias passados que não se foram. 
 Doce infância, que não pude reter, 
que não tem como dizer, se não apoetar-se.

ElvioAA.

domingo, 25 de dezembro de 2011

Pérolas de Elanklever

.
O sabor da vida depende de quem a tempera.
Elanclever - Livro "Definições Reflexivas - 2008"

Vezes, sentimos o medo diante de novas informações, receando
deformações, pois acrescentar algo bom, também deforma a acomodação.
Elanklever


.
"Olhei distante, la no horizonte balançando uma cortina colorida, chuva descendo e tecendo, a força da vida.
Elan Clever


.